| 

Notícias

Temer ressalta força da FPA na posse de Nilson Leitão

“Quando nós, no governo, dizemos que o Brasil tem rumo, a primeira direção para a qual olho é, exatamente, a agricultura, o agronegócio.” A afirmação foi feita pelo presidente Michel Temer na noite dessa terça-feira na solenidade de posse da nova diretoria da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), que passou a ser presidida pelo deputado Nilson Leitão (PSDB-MT). Leitão sucede o deputado Marcos Montes (PSD-MG).

O presidente Michel Temer entende que a FPA é tão forte que consegue reunir os ministros da Agricultura e do Meio Ambiente numa mesma cerimônia. Segundo Temer, os ministros da Agricultura, Blairo Maggi, e do Meio Ambiente, Sarney Filho, dando-se as mãos “é um dos momentos que revelam a nacionalidade brasileira”. O presidente também lembrou que o primeiro apoio que teve veio justamente da FPA.

“E ouço que esta é uma frente, mas é mais do que uma frente, é uma frente com os lados, com a parte de trás, com telhado, uma casa extremamente produtiva, e produtiva por várias razões. Em primeiro lugar porque congrega aqueles que participam, na verdade, da atividade que suporta a economia nacional”, acrescentou Temer.

O presidente anunciou a intenção de simplificar o sistema tributário e acelerar a reforma trabalhista. “Nós queremos desburocratizar, como fez o Blairo Maggi no Ministério da Agricultura. Para isso, nós precisamos contar com o apoio, e mais do que apoio, precisamos contar com o entusiasmo de vocês. Eu vejo que os senhores colocam a alma no seu trabalho. Por isso nós teremos uma safra excepcional.”

Nilson Leitão afirmou que esse é o momento em que o Brasil precisa ser desburocratizado. “O que o Congresso precisa fazer para ajudar o ministro Blairo Maggi, o ministro Sarney Filho e o presidente Temer é destravar. É preciso tirar a ideologia desse debate. O nós contra eles. O Brasil precisa ser bom para todos. Para a minoria, para a maioria. Para o pequeno e para o grande”.

Em seu discurso de despedida da presidência da FPA, o deputado Marcos Montes (PSD-MG) agradeceu o apoio de todos os deputados que integram a Frente, “que tantos serviços tem prestado ao Brasil”. Segundo Marcos Montes, “foi uma honra presidir essa Frente. Quanto mais tempo eu pudesse ficar, eu ficaria. Mas há grandes baluartes para desempenhar esse papel e, com certeza, o Nilson e a deputada Tereza Cristina (PSB-MS), que hoje assume como vice-presidente da FPA, com toda a certeza terão um papel importante”.

A cerimônia de posse da nova diretoria da FPA foi prestigiada também pelos ministros da Agricultura, Blairo Maggi; do Meio Ambiente, Sarney Filho; do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra; da Casa Civil, Eliseu Padilha; e da Secretaria de Governo, Antônio Imbassahy; pelos governadores de Mato Grosso, Pedro Taques, e Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; 111 deputados, 16 senadores, dezenas de dirigentes de entidades do agronegócio e cerca de 800 convidados.

Homenagem – Durante a solenidade, foram homenageados personalidades e veículos de comunicação que se destacam no fortalecimento e na cobertura do setor rural. Foram premiados Ricardo Tomczyk, presidente do Instituto Pensar Agro (IPA); Carlos Ernesto Augustin (Tête), ex-presidente do IPA; Sérgio De Marco, assessor do Ministério da Agricultura; o deputado Marcos Montes; Glauber Silveira, da Abramilho; e Carlos Fávaro, da Aprosoja. Os veículos Valor Econômico, Rede Globo de Televisão, Canal Rural e Rede Bandeirantes (Terra Viva) também foram premiados.

Fonte: FPA 15 de fevereiro de 2017

Veja Mais