| 

7/11/2016

Seminário do Açucar

Realizado pela LMC International e Canaplan, com apoio da ABAG – Associação Brasileira do Agronegócio, o evento reuniu representantes das maiores empresas dos cinco líderes na produção mundial: Brasil, China, Índia, Tailândia e União Europeia, além de especialistas e consultores de várias partes do mundo.

           

O Seminário também evidenciou a expressiva recuperação apresentada pelo setor açucareiro na União Europeia. A conjuntura do setor da União Europeia foi detalhada num dos painéis do Seminário, que teve a participação de Todd e também de Willian Martin, presidente da National Farmers’ Union.

O painel que tratou do mercado chinês e teve como participantes Gareth Forber, diretor de pesquisa de açúcar da LMC International, e Mauricio Nabuco Sacramento, diretor no Brasil da COFCO, foi destaque o peso da China como maior importador de açúcar do mundo, que deverá passar de 10,3 milhões de toneladas, em 2015, para 15,4 milhões de toneladas, em 2017.

Forber, em outro painel, abordou a situação do mercado indiano e contou com uma palestra de Ram Tyagarajan, presidente da Thiru Arooran Sugars, uma das maiores produtoras da Índia.  A situação da Tailândia foi relatada por Amporn Kanjanakumnerd, diretora de operações da Mitr Phol, uma das maiores produtoras de açúcar daquele país. Participou também Martin Todd, da LMC International, que fez um apanhado da situação tailandesa.Em seguida, Amporn fez um apanhado histórico da produção de açúcar na Tailândia, destacando a necessidade de modernização do parque produtor.

     

Ao final do Seminário, um painel reuniu os executivos das maiores empresas que atuam no segmento de açúcar e etanol no Brasil. Mediado por Luiz Carlos Corrêa Carvalho, o painel analisou o real potencial de retomada dos investimentos em melhoria na eficiência e na produtividade dos produtores.

Veja Mais